Natasha Semmynova

Drag Performer & Singer

BIO

ENG: english version soon.

PT: Foi meio ano antes de o milénio começar que nasceu Natasha Semmynova. Em agosto de 1999, Vítor levou ao palco a sua primeira “pequena peça de teatro.” Assumindo-se, hoje, como “drag performer & singer”, Natasha brinca e mistura os papéis tradicionais da mulher, do transformista e do travesti, desmontando estereótipos para criar uma personagem irreverente, andrógina, à qual poucos conseguem ficar indiferentes.

Ponto forte das suas atuações é o facto de evidenciar detalhes fora do comum, expressos na maquilhagem, que encara “como uma arte”, no canto ao vivo, aperfeiçoado ao longo de anos de preparação vocal e numa atitude onde a sensualidade e a emoção chegam ao espectador em dose dupla.

As tais “pequenas peças de teatro”, que são as performances de Natasha Semmynova, são pensadas ao pormenor, conjugando conceitos artísticos inovadores, critérios de moda inesperados e coreografias originais, pensadas para aquele público, para aquele momento.

Desde 1999, Natasha tem passado pelos principais pontos de referência do transformismo em Portugal. Mas não só. Em 2014, “Longe do Corpo”, peça de teatro escrita e produzida por Marta Freitas (Mundo Razoável) comoveu os espectadores, abordando o “mundo trágico da transexualidade.” Natasha Semmynova atuou ao vivo no palco e teve a sua própria personagem interpretada na peça.

Em 2015, Vítor levou a sua criação aos ecrãs dos portugueses, no programa The Voice Portugal, onde fez virar as quatro cadeiras dos quatro mentores e avançou firme até à fase das batalhas.

Desde esse ano, também, Natasha Semmynova é anfitriã do Porto Drag Festival, evento bianual que apresenta os melhores shows nacionais e internacionais de drag. As edições do festival têm sido um verdadeiro sucesso, contando com vasta audiência e projeção a nível nacional.

Os espetáculos de Natasha Semmynova são sobretudo momentos cénicos intensos que ganham forma através de uma personagem com expressão própria e da estruturação de uma história onde performer e espectadores partilham o mesmo espaço sensorial.

© 2020 Natasha Semmynova

Theme by Anders Norén